Importação de máquinas e equipamentos: quais cuidados tomar?

importação de máquinas e equipamentos
6 minutos para ler
Powered by Rock Convert

A importação de máquinas e equipamentos é um processo que demanda atenção dos gestores. Afinal, há muitas regras a cumprir e detalhes a serem analisados.

Por falta de experiência ou conhecimento, muitas empresas acabam se descuidando e cometendo erros que geram perdas financeiras consideráveis.

Para que seu negócio não enfrente esse problema, preparamos este post. Quer saber quais são os principais cuidados para garantir uma importação de sucesso e contar com um maquinário moderno? Continue a leitura!

Por que importar máquinas e equipamentos?

O mundo empresarial está cada vez mais globalizado. As barreiras físicas estão sendo derrubadas e a integração entre os mercados é uma realidade para empresas de todos os portes e segmentos.

Apesar dos constantes avanços, os investimentos em inovação e tecnologia, no Brasil, ainda são pequenos quando comparados a outros países, como China e Estados Unidos. Mas isso não é desculpa para não modernizar sua empresa.

A importação de máquinas e equipamentos é uma decisão estratégica, capaz de ampliar a sua eficiência e produtividade. Contar com maquinário estrangeiro é um grande diferencial competitivo e ajuda a superar os gargalos de seu negócio.

Se a tecnologia lá fora já está mais avançada e sua empresa se preocupa em inovar e aprimorar seus processos, por que não importar? Trata-se de um investimento determinante para o seu sucesso.

Quais os cuidados a serem tomados durante a importação?

Conforme visto, importar máquinas e equipamentos é uma escolha inteligente. Entretanto, o processo não é tão simples e pode esconder algumas armadilhas.

Isso mesmo! Caso alguns cuidados básicos não sejam observados, é possível ter prejuízos e enfrentar problemas com o Fisco. Isso prejudica seus resultados e transforma um bom investimento em mais uma dor de cabeça para a empresa.

Quer ficar longe desses problemas? Confira, a seguir, as providências que não podem ser ignoradas durante a importação de maquinário para seu negócio!

Providenciar a habilitação no RADAR

Para a compra de máquinas e equipamentos no exterior, seu negócio deve cumprir com a legislação em vigor. Portanto, é essencial se habilitar no RADAR, da Receita Federal, e ter o limite hábil liberado, já que existem três faixas de importação:

  • até USD 50.000,00;
  • até USD 150.000,00;
  • ilimitado.

É importante que sua empresa esteja liberada para importar máquinas de valores que atendem a esse limite. Caso contrário, poderá enfrentar problemas aduaneiros no desembaraço da mercadoria no Brasil.

Ter um CNAE adequado para importação

Outro fator de grande relevância é que o CNAE da empresa seja coerente ao tipo de máquina e equipamento que pretende importar.

Em síntese, um empreendimento com CNAE de alimentos não pode importar maquinário voltado para o setor automotivo, por exemplo. O equipamento precisa ser destinado ao seu ramo de negócio.

Providenciar licenças e certificados

Durante o processo de importação, é possível que a Alfândega exija algumas licenças e certificados. Por essa razão, a empresa deve pesquisar e providenciar com antecedência.

Vale destacar que, caso a documentação não seja apresentada, o embarque da mercadoria importada pode não ser autorizado. Isso geraria prejuízos e atrasos na conclusão da importação.

Avaliar os impostos inclusos

Importar máquinas e equipamentos tem custos. Além do valor de compra, armazenagem, transporte e montagem, existem encargos tributários que não podem ser ignorados, como:

  • II — Imposto de Importação;
  • IPI — Imposto sobre Produtos Industrializados;
  • PIS — Programa de Integração Social;
  • Cofins — Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social;
  • AFRMM — Adicional de Frete para Renovação da Marinha Mercante;
  • Siscoserv — que é uma obrigação acessória.

Nesse sentido, é essencial que você tenha total conhecimento sobre o gasto do procedimento, especialmente porque tais despesas são pagas à vista e afetam o caixa do negócio. Logo, planeje-se!

Selecionar um fornecedor de qualidade

Quem deseja importar máquinas e equipamentos precisa ter muito cuidado durante a seleção do fornecedor. Afinal, sua intenção é contar com recursos modernos e eficientes em seu dia a dia, não é mesmo?

Sendo assim, perca um pouco do seu tempo pesquisando e verificando a reputação da empresa que está efetuando a venda. Aspectos como idoneidade, inovação, tecnologia de ponta e cumprimento de prazos devem ser conferidos com muita atenção. Para isso, existem alguns passos valiosos:

  • observe se a empresa é registrada;
  • confira o tempo de funcionamento do negócio;
  • analise as reclamações sobre a empresa e/ou produto a ser adquirido;
  • verifique se a empresa é fabricante ou apenas um revendedor;
  • cheque se há a autorização do país de origem para exportar;
  • avalie com atenção a qualidade do produto oferecido.

Terceirizar o processo de compra

Diante da complexidade do processo, é indicado que ele seja acompanhado por especialistas de comercio exterior, a fim de que seu negócio possa usufruir de todos os benefícios possíveis, inclusive a redução de custos.

Além disso, a terceirização do serviço evita surpresas desagradáveis, como a falta de documentos ou a deficiente interpretação de regras internacionais de negociação.

Com essa decisão, você garante que todas as licenças de importação e certificados necessários sejam providenciados no tempo adequado, cumprindo, assim, com todas as obrigações.

Como a S&S Comex pode ajudar?

Se você já se decidiu pela importação de máquinas e equipamentos, deve estar pesquisando maneiras de viabilizar esse projeto. Afinal, existem algumas providências e cuidados a serem tomados e que são determinantes para o sucesso da operação.

Como ficou demonstrado, uma das estratégias para tornar a atividade mais segura e eficiente é a terceirização. É nesse ponto que a S&S Comex pode ser uma importante aliada de sua empresa.

Somos especialistas em comércio exterior, com mais de 20 anos de atuação no mercado. Facilitaremos todo o processo para que você possa contar com as melhores tecnologias do mundo em seu cotidiano.

Um ótimo exemplo disso é a oferta a nossos clientes de um serviço de importação diferenciado. Um de nossos parceiros na China visita as empresas escolhidas, verifica a documentação, inspeciona pessoalmente a mercadoria, confere sua qualidade e acompanha o embarque da carga para atestar a sua procedência.

Tudo isso é feito de maneira personalizada, de acordo com as necessidades dos nossos clientes, garantindo uma compra mais segura, rápida e eficaz.

A importação de máquinas e equipamentos não precisa ser um problema para o seu negócio. Na verdade, ela deve ser uma solução capaz de gerar um diferencial competitivo e ampliar sua produtividade e rentabilidade. Seguindo as dicas apresentadas e com o apoio especializado, tudo ocorrerá com segurança e economia.

Quer contar com a ajuda da S&S Comex? Entre em contato agora mesmo com nossos consultores. Estamos prontos para atendê-lo!

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

-